IPVConcilia

IPVC Concilia


Ana Sofia de Sá Gil Rodrigues | sofia@esa.ipvc.pt


MAIN GOAL

Através deste projeto, o IPVC pretende definir medidas, implementar ações, criar ferramentas e desenvolver mecanismos internos para a conciliação da vida profissional, pessoal e família dos seus colaboradores de forma a assegurar que as pessoas tenham sucesso nestas três dimensões da sua vida, numa lógica de benefício mutuo, impactando positivamente na produtividade, na atração de talentos, na motivação e na retenção de força de trabalho.

GOALS
  1. Aferir condições de trabalho/riscos laborais e dificuldades de conciliação dos colaboradores e impactos sobre fenómenos como o stress, o burnout, a falta de motivação, a produtividade ou outros.
  2. Analisar questões relacionadas com ergonomia e condições ambientais de trabalho;
  3. desenvolvimento/implementação plataformas de gestão para a conciliação (Sistemas de gestão dos horários de funcionamento dos serviços atendendo às necessidades de conciliação e das necessidades dos utilizadores; plataforma de gestão de boleias; assinaturas eletrónicas para evitar deslocações apenas para assinatura de documentos e outros mecanismos de suporte a teletrabalho);
  4. Implementar programa de benefícios através de Protocolos com organizações (condições mais favoráveis e.g. creches e ATL, escolas, farmácias, clínicas e serviços médicos, ginásios, lavandarias, espetáculos). Melhorar apoios fornecidos pelo IPVC na área da saúde e exercício físico;
  5. Realizar ações de benchmarking que permitirão conhecer processos, procedimentos e práticas implementadas noutras organizações familiarmente responsáveis em Portugal e na Europa.
  6. Prestar consultoria à gestão de topo, aos responsáveis dos serviços e colaboradores para os referencias de conciliação (em particular da NP 4552) e para implementação dos mecanismos de gestão e avaliação do sistema e avaliação da satisfação das partes interessadas incluindo utilizadores dos serviços;
  7. Prestar consultoria em desenvolvimento e motivação pessoal (ex. mentoring e coaching, empowerment, Gestão do Tempo, alto desempenho com PNL, Team-building, Meditação e Mindfulness, com formação no programa MBSR - mindfulness-based stress reduction, e no MBCT - mindfulness-based cognitive therapy, entre outros);
  8. Desenvolver mecanismos de divulgação (em particular interna) por plataformas como Canal Vídeo e mecanismos mais eficientes de auscultação como sejam dispositivos e plataformas de auscultação aos colaboradores (sobre necessidade e expectativas de conciliação, incluindo bem-estar e ambiente de trabalho, possibilidades valorização pessoal e profissional, entre outros);
  9. Diminuir absentismo, aumentar produtividade e a retenção do talento; contribuir para a melhoria do índice de bem-estar e aumentar índices de satisfação dos colaboradores com o ambiente e condições de trabalho e que contribua para melhorar eficiência do IPVC e a satisfação dos "clientes";
  10. Propor o IPVC à certificação na NP 4552 até junho de 2021.
TECHNICAL TEAM
Membro
Álvaro Miguel da Costa Cairrão
Membro
Ana Cristina Pontes de Barros Rodrigues
Membro
Ana Teresa Martins Ferreira de Oliveira
Membro
Carlos Sérgio Brandão Gonçalves
Membro
Damiana Cristina Viana de Matos
Membro
Maria Filipa Torres Gonçalves Flores Mourão
Membro
Francisco José Porto Ribeiro
Membro
Maria Isabel Valin Sanjiao
Membro
António Jorge Simões Dantas
Membro
Linda Maria Balinha Saraiva
Membro
Mara do Carmo de Jesus Rocha
Membro
Márcia Cristina Matos da Cunha Amorim
Membro
Margarida Cancela de Amorim Henriques Pereira
Membro
Maria Filipa do Patrocínio Morais Cunha Silva
Membro
José Pedro Arieiro Gonçalves Bezerra
Membro
Sara Maria da Cruz Maia de Oliveira Paiva
Coordenador Institucional
Ana Sofia de Sá Gil Rodrigues
Membro
Helena Sofia Ferreira Rodrigues
Membro
Susana Maria Rocha Caravana Gomes da Cruz
Datasheet
Project code
POCI-05-5762-FSE-000328
intervention region
Norte (Minho-Lima)
IPVC Financing.
494.874,61 €
Principal beneficiary entity

IPVC | Beneficiária principal | 494.874,61 €

Partner Entity
start date
2020-09-01
final date
2022-02-28
IPVC reimbursement rate.
85.00%
Total Amount
582.205,43 €
financial support

COMPETE | FEDER | 0,00 €

ACTIVITIES

Fase Diagnóstico

  • Inquérito às famílias (necessário definir metodologia para garantir confidencialidade/proteção de dados, participação representativa) e focus group e think-tanks com familiares (por perfil de filhos e conjugues ou outros familiares próximos) como PI relevantes para identificar necessidades expetativas de conciliação na perspetiva de PI;
  • Diagnóstico de enquadramento familiar: colaboradores com dependentes menores e maiores e respetivas necessidades de conciliação;
  • Revisão de Manual de Funções e diagnóstico de possibilidade de flexibilização e de teletrabalho;
  • Diagnóstico de Riscos Laborais (em particular risco psicossociais) por funções e perfis de colaboradores (idade, género, atividade/serviço) e confronto com históricos de absentismo/baixas para sinalização e situações com prioridade de intervenção;
  • Diagnóstico de Comunicação Interna e definição de ações de melhoria;
  • Diagnóstico de fluxos de trabalho por serviços e funções de forma a identificar adequação de horários, mas promovendo a produtividade e a qualidade do serviço, com impacto positivo quer na satisfação do utilizador quer do colaborador.


Fase Operacionalização

  • Reforçar promoção de reuniões online (indicador de nº de reuniões e/ou participantes em reuniões por videoconferência)
  • Com base nos diagnósticos efetuados: Elaborar Plano de Conciliação, com objetivos, ações e indicadores, por perfis de colaboradores com medidas dirigidas a perfis e necessidades identificadas, incluindo planos de capacitação e desenvolvimento pessoal
  • Criar Programa de benefícios (com cartão IPVC com descontos em parceiros aderentes na área da cultura, saúde, desporto, lazer, estética, TIC, livrarias, material escolar, hotelaria e restauração, viagens);
  • Tornar comum e transversal a todos os suportes informáticos utilizados pelos colaboradores, aplicação tecnológica que permita a assinatura digital de documentos, promovendo a mobilidade e reduzindo a necessidade de deslocação a outros serviços para a subscrição documental;
  • Implementação um PROGRAMA de DESENVOLVIMENTO PESSOAL, que permita melhorar a qualidade de vida e desenvolver as habilidades pessoais de cada colaborador do IPVC.
  • Com base no diagnóstico a realizar, o programa de desenvolvimento pessoal poderá vir a incluir atividades para melhorar a autoconsciência, o autoconhecimento, melhorar ou desenvolver novas habilidades, Construção ou renovação da identidade ou autoestima; Desenvolvimento de pontos fortes; melhorar o estilo ou qualidade de vida; melhorar a saúde;
  • Definir e executar planos de desenvolvimento pessoal (PDPs);
  • Plano de Comunicação com enfoque interno e externo;
  • Elaboração de Relatório de Clima Organizacional.


RESULTS

A intervenção traduzirá para o IPVC a melhoria do índice de satisfação colaboradores e outras partes interessadas, a redução do índice de absentismo, a melhoria da prestação do serviço e aumento da produtividade.


Interno à entidade - demonstrando as transformações qualitativas esperadas nas funções regulares do beneficiário, em termos da eficiência e eficácia dos serviços;

A intervenção traduzirá para o IPVC a melhoria do índice de satisfação colaboradores e outras partes interessadas, a redução do índice de absentismo, a melhoria da prestação do serviço e aumento da produtividade, em referência a números que serão fixados em sede de Diagnóstico.

As referidas melhorias serão analisadas à luz do Inquérito anual à satisfação dos colaboradores, e esperamos que se traduza no aumento desta satisfação e uma redução significativa no absentismo.


Externo à Entidade mas interno à Administração Pública - demonstrando o contributo para a melhoria global da eficiência, eficácia e qualidade dos serviços públicos e o potencial de demonstração e de disseminação dos resultados para outras entidades públicas;

Considerando que o IPVC subscreveu o Pacto para a Conciliação, tendo sido o primeiro organismo de Ensino Superior nacional a fazê-lo, é nossa expectativa que o projeto transcreva importante efeito disseminador para instituições congéneres e outras.

Nesse desiderato, e considerando também que interessa ao IPVC investir e ter retorno no que à imagem e notoriedade diz respeito, e assim tornar-se distintivo na sua oferta no mercado, o projeto integra uma forte aposta no Plano de Comunicação, não só interno mas também externo, investindo na disseminação dos resultados e boas práticas resultantes da intervenção.


Externo - demonstrando as melhorias esperadas na qualidade e eficácia do atendimento aos cidadãos e empresas.

Desde o início da abordagem à temática da Responsabilidade Social que é objetivo do IPVC tornar-se mais próximo da população que serve, pois acredita que é deste modo que poderá propor uma oferta que vá de encontro às necessidades das pessoas e, sobretudo, do tecido empresarial. Constitui fundamento da razão de ser de um Instituto Politécnico a formação de quadros qualificados que darão resposta às necessidades de qualificação acrescidas verificadas num tecido empresarial dinâmico e em profunda mudança acelerada.

O Alto Minho vive atualmente grandes mudanças em termos de paradigma demográfico e social, com forte alteração da atividade económica, verificando-se recentemente o crescimento exponencial do setor secundário, verificamos agora um crescimento acelerado do setor terciário (como é o caso do Turismo e serviços conexos) e também do terceiro setor, acelerado pelo envelhecimento populacional e mudança da estrutura populacional.

Neste contexto, o IPVC contribui de forma intensa para a resposta às necessidades dos cidadãos e das empresas neste contexto e território.

>